Os 120 Dias De Sodoma

29/08/2016 23:12

 

'Os 120 dias de Sodoma' foi objeto de especial estima por parte do Marquês de Sade. Tendo dado por perdido o rolo em que o escrevera, ao ser retirado às pressas da Bastilha, às vésperas da Revolução, o autor morreu sem saber que o manuscrito seria mais tarde recuperado e publicado.

Este é um livro, cuja chave-mestra talvez seja o humor. Um humor negro, sombrio, genuinamente perverso e absurdo. Neste livro, é em nome da racionalidade que o autor destila à exaustão sua consumada virulência.

Em 'Os 120 dias de Sodoma', o leitor poderá flagrar o homem, ver o humano em potência, para além do horror e do grotesco, para além do apelo abjeto com que esta obra se despe e se reveste.

344 PAGINAS. SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!